Primeira habitação totalmente adaptada

A MatosinhosHabit procedeu à entrega da primeira habitação totalmente adaptada a pessoas com mobilidade reduzida.

Este projeto, para além do impacto na autonomia das pessoas a quem se destina, contribui  também de forma positiva, pela aprendizagem, inovação, experimentação e aplicação de novos materiais, para atender aos interesses dos diferentes agentes envolvidos, por ter na sua génese uma nova forma de conceber a habitação, que se pretende que seja para toda a vida e para pessoas com diferentes tipos de necessidades especiais.

Para além das acessibilidades à habitação, as divisões foram pensadas de forma a permitir a mobilidade e facilitar a circulação interior de uma cadeira de rodas. A casa de banho foi totalmente adaptada desde os sanitários à base de duche. Na cozinha a disposição dos móveis facilita a aproximação e a permanecia na zona de preparação e confeção dos alimentos, os eletrodomésticos encontram-se também a uma altura que permite o fácil acesso e manuseamento..

“Todo o projeto foi pensado para que o novo morador tenha um quotidiano o mais independente possível, sem que dependa de terceiros para a maior parte das funções diárias” , refere Tiago Maia, administrador da Empresa Municipal.

Esta habitação adaptada desenvolvida numa habitação municipal, propriedade do Município de Matosinhos,  que se destina a pessoas com necessidades especiais,  dando assim uma resposta inovadora  que facilita a sua inclusão social e contribui para a melhoria da sua qualidade de vida.

É nesta perspetiva e com este espírito, que a MatosinhosHabit, enquanto gestora do património habitacional do Município de Matosinhos, encara este projeto não como um mero custo ou despesa como um investimento na qualidade de vida dos munícipes utentes, discriminando-os positivamente, em função das suas necessidades especiais, sentindo que executa, assim, um dever essencial ao cumprimento da sua missão.

Esta nova habitação era anteriormente um dos “Espaços Cidadão” da União de Freguesias de Perafita, Lavra e Santa Cruz do Bispo, que foi positivamente desocupado para a readaptação à nova habitação da MatosinhosHabit.

Neste projeto esteve ainda envolvida a Delegação de Matosinhos da Cruz Vermelha de Matosinhos, que sinalizou o novo beneficiário e irá agora providenciar o restante mobiliário adaptado.

2018-12-13T10:02:26+00:00